Motoristas de ônibus passam por qualificações no Sest Senat para melhorar transporte coletivo

02 / 08 / 21

Qualificações voltadas aos motoristas do transporte público de Maceió colocaram os rodoviários no “papel” dos que estão do outro lado do volante neste mês de julho. Ocupando bicicletas e cadeiras de rodas, eles puderam experimentar a sensação causada pelos ônibus no trânsito.

Promovidas pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), as atividades contaram com a parceria do Sest Senat e do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Maceió (Sinturb), e tiveram como objetivo promover a empatia no trânsito, enfatizando a perspectiva de ciclistas e cadeirantes.

“Essas ações integram as várias já realizadas em parceria com o Sest Senat para qualificar os motoristas do transporte público de Maceió. Eles passam por treinamentos periódicos com o intuito de melhorar a qualidade do serviço para os passageiros e também para a população como um todo”, explicou Guilherme Borges, presidente do Sinturb.

Para a diretora do Sest Senat Maceió, Daniele Madeiro, eventos como estes são parte fundamental do papel desempenhado pela entidade. “O Sest Senat, que é a unidade do Sistema S voltada para o transporte, tem o prazer de receber esse tipo de ação. Estamos sempre em parceria com a SMTT, o Detran e as empresas de ônibus para proporcionar qualidade de vida e educação no trânsito”, disse a gestora.

André Costa, titular da SMTT, acredita que os treinamentos proporcionam resultados benéficos para o serviço ofertado pelas empresas. “O retorno por parte dos motoristas foi bem positivo, justamente porque, para além de uma palestra, nós trouxemos pessoas com histórias e situações reais que apresentaram suas principais necessidades. Tenho certeza que o atendimento vai ficar ainda melhor depois da participação dos rodoviários”, pontuou.

O prefeito JHC, que participou ativamente de algumas das atividades, também parabenizou a iniciativa. “É um divisor de águas porque ao mesmo tempo que estamos intensificando a fiscalização estamos ofertando educação. Muito melhor quando temos uma ação coordenada, que envolve os principais atores e colocam os dois lados da moeda e eles se conectam”, expôs o gestor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *